13 março, 2006

Se eu fosse um livro...




Se eu fosse um livro
Teria capa colorida
Folhas brancas e perfumadas
Sem notas de rodapé

Se eu fosse um livro
Teria um final mutante
O amor seria constante
No começo, no meio e no fim

O livro que eu seria
Ensinaria tudo da vida
Sem fórmulas nem limitações

O livro que eu seria
Nunca terminaria
Seria eterno como o leitor




RESPEITE O DIREITO AUTORAL E A PROPRIEDADE INTELECTUAL

3 comentários:

Larissa Marques disse...

Bem se diz que o livro é sempre a cara de sua dona, perfumada, deve ser não é linda, obrigada pelo lindo poema e por suas visitas!
Beijos!

Carol disse...

Gostei da idéia! Se eu fosse um livro, queria que fosse escrito por um poeta apaixonado... mas queria que tivesse lindas imagens também, como nos livros de crianças!

Beijos... : )

Cátia disse...

Como Você é Carol...
É amada e escritora, que quem dera dentro em breve seja de livros....
Beijo,
Boa semana!