12 março, 2006

Livre-arbítrio


A coisa mais importante que Deus deu aos homens é o livre-arbítrio. Através dele, temos a capacidade de determinar nossas escolhas, sermos autores do nosso próprio destino.
As dúvidas que marcam a história da vida fazem parte deste processo de autocriação.
Angustiante? Talvez. Maravilhoso? Sim... imagine se já soubéssemos por que e para que viemos ao mundo? Se já conhecêssemos todas as pessoas inteira e completamente e não precisássemos [e nem pudéssemos] conhecer ninguém diferente? Se não houvesse surpresas? Como seria? Não consigo imaginar...
Porque a vida é isso mesmo... encontros, desencontros, dúvidas, certezas, mudanças de plano, de emprego, de cidade, de vida...
O que faz a vida valer a pena é a possibilidade de errar, acertar, escolher, mudar de idéia, quebrar a cara, amar, odiar, esquecer.
E este quebra-cabeça é composto de incertezas, com cada sentimento completando o seu oposto, pois não haveria felicidade se não houvesse tristeza, não haveria amor se não houvesse o ódio. E precisamos de tudo para sermos completos.
Somos todos aprendizes. Somos todos poetas. Somos todos construtores da nossa própria existência.
Atores, interpretando a cada situação, diferentes papéis no palco da vida.
Seres em transformação, somos seres humanos...


RESPEITE O DIREITO AUTORAL E A PROPRIEDADE INTELECTUAL

2 comentários:

Carol disse...

"Somos todos aprendizes"... e buscamos a Verdade... Mas são tantas verdades... A vida é esse palco sim em que desempenhamos o melhor de nós mesmos, mas seres humanos... erramos. Errar é apenas parte, na verdade sempre tentamos acertar, tentamos encontrar, mesmo que por alguns momentos, o que é mais verdadeiro em nós. Beijos... o domingo está só començando... Vamos aproveitar o dia?! :)

Cátia disse...

Ah!
E esta vida deliciosa , repleta de escolhas...
É doce o gosto do novo, do inesperado do incerto, desta forma a rotina se some rapidamente.

E ser "HUMANO" é busca constante que poderá tornar o mundo mais FELIZ!

Beijo no Coração!