24 maio, 2006

Cinco manias

Mania
[Do gr. manía, 'loucura'.]
S. f.
1. Psiq. Síndrome mental caracterizada por exaltação eufórica do humor, excitação psíquica, hiperatividade, insônia, etc., e, em certos casos, agitação motora em grau variável.
2. Psiq. Uma das duas fases alternativas da psicose maníaco-depressiva (q. v.).
3. Fig. Excentricidade, extravagância, esquisitice.
4. Gosto exagerado ou imoderado por alguma coisa; obcecação resultante de desejo imoderado
5. O alvo desse gosto ou desejo
6. Mau costume; hábito prejudicial; vício
7. Idéia fixa doentia; obsessão
(Dicionário Aurélio – Século XXI)

Confesso que fiquei um pouco pensativa após ler a definição apresentada pelo Dicionário, e achei que meu caso se enquadra apenas no nº 3... é o que espero...rsrs
Demorei a responder ao desafio da
Carol, feito em 10/05, não apenas por estar ocupadíssima e sem tempo para escrever, mas também pelo fato de não ser fácil elencar cinco manias, isso sem contar que não é fácil distingui-las dos defeitos ou das qualidades... O fato é que não é fácil parar pra pensar em si próprio e a forma como se tem caminhado nesta jornada chamada vida...

Então lá vai, as Top 5:
1. A primeira, até meio incomodativa, é a mania de escrever “quase” tudo em papeizinhos pequenos: telefones (sem colocar o nome da pessoa ou lugar, é claro), recados, idéias, e-mails, compromissos, endereços de sites, etc, etc, etc...
Não que eu não tenha agenda... tenho sim. Duas. Mas o fato é que obsessiva e compulsivamente, escrevo tudo isso em papéis de post-it, memo cards, inclusive com estampas da Hello Kitty ou do Snoopy (que charme...) ou qualquer cantinho mesmo, valendo até pedaços de envelopes ou cantinhos de contas a pagar... e vou colocando na bolsa... até que chega um momento em que a coitada quase não fecha mais... daí, pego um por um, o que é importante anoto na agenda (viram a utilidade dela?!?) e o que não é mais, jogo no lixo... e sinto-me muito aliviada por ter uma bolsa prontinha para voltar a encher novamente!!!

2. Não poderia deixar de mencionar a mania que tenho de ficar olhando pro nada e coçando a cabeça, tentando decifrar a vida e pensando nela... Não raro, vem alguém e me dá um tapa na mão... “Para com isso!!”... e eu olho bem pra pessoa e ignoro, voltando a coçar a cabeça, fazendo cara de indignação...

3. Mania de tentar fazer várias coisas ao mesmo tempo... o que na maioria das vezes consigo, mas que nem todos têm paciência de presenciar... rs Acho que a verdade é que tenho mania de querer “abraçar” o mundo, ou seja, quero sempre aprender alguma coisa nova, trabalhar todo o tempo, conhecer pessoas e estar sempre em dia com tudo... isso pode parecer bom, mas nem sempre o é... muitas vezes, falta tempo para cuidar de mim mesma, meditar, respirar fundo, sentir a brisa da noite e observar as estrelas...

4. Mania de ser extremista, sim é sim, não é não. Não costumo dizer sim, querendo dizer não ou vice-versa (a não ser em situações especialíssimas, que prefiro não mencionar, rsrs) Sou extremista também nas relações pessoais, não dou beijo, abraço em quem não gosto, tampouco falo palavras carinhosas, não faço política nem pagando, não importa quem seja...

5. E assim como Maria (Milton Nascimento)... possuo a “estranha mania de ter fé na vida”... Acredito nas pessoas, no potencial que têm de serem melhores, na integridade do ser... é claro que já levei muitas rasteiras, mas mantenho pensamentos confiantes, rs.

Nossa! Nem acredito que consegui!!!
A verdade é que isso gerou discussões virtuais e reais, com todos querendo me ajudar a escolher as minhas, exemplificando as suas... Enfim... quem me conhece sabe que cinco manias é pouco para me definir... mas todo mundo também sabe que ser normal não é nada legal... e que de médico, advogado e louco, todo mundo tem um pouco! rsrs

2 comentários:

Larissa Marques disse...

Que bonitinha ela, as minha cinco (pra não dizer cinco mil) manias são horrorosas, pavorosas, não confesso nem sob tortura, mas posso garantir que suas excentricidades são bonitinhas!
Beijo, linda!
Ah, bom saber que não é política, eu também não sou!

Carol disse...

Carolzinha, Lendo as suas manias, devo confessar que adorei mesmo a de número 5. Mania "Maria Maria" - estranha (e adorável) mania de ter fé na vida! A minha fé tem sido testada ultimamente, mas tem saído fortalecida, graças a Deus. Beijos...
Carol