12 abril, 2006

Quero



Quero a doçura das crianças
A suavizar a vida
Quero a ingenuidade,
a alegria do descobrir
Quero a felicidade
estampada no sorriso aberto
A esperança no porvir

Quero a sinceridade
a conduzir o caráter
E a espontaneidade e franqueza
do agir...

Quero o brilho do olhar,
a acreditarna vida e no ser
Quero a certeza de estar
plantando a semente do bem
quero a simplicidade
e a integralidade

de viver

9 comentários:

Luisa disse...

Só queres coisas boas! As crianças são o nosso melhor modelo!

Ela disse...

Olaaaaaaaa
TÔ com saudade e queria dizer, que também quero muito com a alma, muitas coisas que tu queres.
E se nós quisermos muito, contagiaremos outros tantos... que também vão querer ... e é assim que acredito na mudança e num mundo melhor.
Beijão

Carol disse...

Quero participar do teu querer.
Quero um pouco da tua poesia
e retribuir com a emoção.
Beijos... e ótima Páscoa pra ti.
(Ficarei fora uns dias... e se a gente não se encontrar hoje, até domingo! : )

Claudio Eugenio Luz disse...

Coisas boas, simples e humanas, porém, tão distante nesss dias.

hábeijos

claudio

Vânia Sousa disse...

Como sempre, tocante...
Passo para te desejar um ótimo feriado e uma linda Páscoa...
Bjos!

Zeca disse...

Boa Páscoa.
Que a tua Alma nunca deixe de voar.
Fica bem.

Anônimo disse...

Que lindo! Papai fica orgulhoso da filhona que sente a vida com profundidade e exprime este sentimento nesta poesia linda.
Beijos
Pappyto

João Schneider disse...

Que lindo! Papai fica orgulhoso da filhona que sente a vida com profundidade e exprime este sentimento nesta poesia linda.
Beijos
Pappyto

Warum Nicht? disse...

tanto querer vai dar trabalho pro coelho... mas, é o trabalho dele, não é?
.
um abraço!