15 abril, 2007

Miséria - IMAGEM & POESIA




















Clique sobre a imagem para visualizá-la e ler a poesia

2 comentários:

Cecília Gomes disse...

Pobres crianças que são marginalizadas pela sociedade, pobres essas que morrem de fome a cada dia e morrem sem ajuda também.
Suas vozes ecoam dispersas pelo universo, elas são abafadas pela nossa falta de amor.
Esse mundo de imagens para elas nada significam,já que são transparentes e nem seus apelos e gritos conseguem transpor dessa realidade.
Olhemos e escutemos então.
Para que suas vozes ecoem ao infinito, penetrando cada ser e morando em cada coração.
Quem sabe assim nosso mundo possa vir a ser um mundo melhor.
Um mundo de amor e caridade.
Nessa terra de miséria plantemos a semente do amor.

Anônimo disse...

copiei essa rosa dos ventos, e também li uma poesia sua, gostei, despois lhe envio um presente.
Até
victor
teranbh@hotmail.com